quinta-feira, 9 de outubro de 2014

CRÔNICAS AVULSAS: VII BLOGS DE LETRAS



Estive presente em quase todos os eventos do Blogs de Letras. Aliás, ainda me lembro muito bem do primeiro encontro que foi na Livraria da Vila. Confesso que nunca imaginei a dimensão que ele iria alcançar e as infinitas possibilidades que poderia nos proporcionar. E cada evento foi diferente um do outro. Sempre é uma caixa de surpresa que nos espera de braços abertos...
E são muitos motivos para nos alegrarmos, pois chegamos à marca cabalística do 7º encontro, e esse foi na charmosa livraria Martins Fontes, na Av. Paulista. Dentre essas muitas possibilidades que citei acima, creio que a interação entre os blogueiros e blogueiras foi um fator ímpar, sem contar é claro a aproximação nossa com as editoras.
Nesse último encontro tivemos uma rica possibilidade de aprofundarmos nosso conhecimento sobre o mercado de livros digitais. Beatriz Simoni (representante da KOBO) e Tiago Ferro idealizador da editora e-galaxia nos ensinaram muito e participaram ativamente na construção desse novo aprendizado, trazendo informações sobre o mercado, falando sobre suas experiências e claro – elucidando nossas dúvidas que iam surgindo. Um bate-papo extremamente interessante e relevante.
Sérgio Pavarini ainda nos provocou a refletirmos sobre o nosso papel e responsabilidade como blogueiros e blogueiras. Enquanto ele falava, me lembrei de uma citação da Hannah Arendt, do livro A condição humana:

“É óbvio que isto requer reflexão; e a irreflexão – a imprudência temerária ou a irremediável confusão ou a repetição complacente de verdades que se tornaram triviais e vazias – parece ser uma das principais características do nosso tempo. O que proponho, portanto, é muito simples: trata-se apenas de refletir sobre o que estamos fazendo”.
Acredito que cada blogueiro e blogueira são como uma bússola que guia a nossa nau pela selva escura da mediocridade que cercam as pessoas que não lêem. E como dizia Márcio Catunda:

“Um gênio conversa com os espíritos dos livros. E o acervo suscita viagens insólitas.”
A cada resenha crítica que nós blogueiros e blogueiras postamos, possibilitamos que cada um opte pelo caminho dessas viagens insólitas, que só os livros podem proporcionar. Quem lê – sem sombra de variação enxergará melhor.

E em nosso país cheio de “Machados” de Assis se achando serra elétrica, nós somos o grito de um povo que se recusa a andar cabisbaixo.
Obrigado Cássia Carrenho e Sérgio Pavarini, por mais um encontro!

***

2 comentários:

  1. #aplausos

    abraço, marcelo.

    Sérgio Pavarini

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!

    Agnaldo Gonçalves.

    ResponderExcluir